OFICINA

TÍTULO: GOOGLE MY MAPS COMO FERRAMENTA PARA A COMPREENSÃO DA GLOBALIZAÇÃO PARTINDO DO ESPAÇO VIVIDO DO EDUCANDO

Proponente(s): Karoline Kolosinski Obal

Mini currículo: Professora da rede pública de ensino de Indaial em Santa Catarina. Mestre em Geografia pela UNICENTRO (2017). Especialista em Ensino de História e Geografia, e em Docência do Ensino Superior pela Faculdade São Braz (2019). Foi líder do Grupo de Educadores Google (GEG) Guarapuava. Licenciada em Geografia pela UFMS/CPTL. Foi Bolsista PET – Programa de Educação Tutorial/Geografia (2011 a 2014).

TÍTULO: GOOGLE MY MAPS COMO FERRAMENTA PARA A COMPREENSÃO DA GLOBALIZAÇÃO PARTINDO DO ESPAÇO VIVIDO DO EDUCANDO

OBJETIVOS: Compreender por meio da espacialização, no Google My Maps, das unidades produtoras e das empresas sedes (matriz) dos produtos consumidos pelos educandos em seu espaço vivido a relação entre o local e o global, bem como o processo de Globalização em si.

EMENTA: Breve discussão em torno do conceito de Globalização. Análise da globalização enquanto fábula, como ela realmente é e apontamentos sobre como ela pode vir a ser (SANTOS, 2012). Consequências do processo de Globalização no mundo: relações de trabalho, processos de produção-distribuição-comércio-consumo, impactos culturais, econômicos e sociais nos lugares. Noções de internacionalização e empresas globais. Impactos da Globalização em sala de aula e para o processo de ensino aprendizagem, uso de TICs no ambiente escolar. Apresentação do Google For Education e da ferramenta Google My Maps. Prática com os rótulos dos produtos e a espacialização das informações, montagem do mapa colaborativo e análise dos resultados encontrados. Sugestões para a realização de outros projetos de ensino e atividades com o My Maps.

METODOLOGIA: Breve explanação sobre o tema, orientações de utilização da ferramenta My Maps. Identificação nos rótulos de produtos consumidos pelos educandos a origem da produção e realizar uma busca no Google pela empresa dona da marca, bem como sua matriz. Em grupos, separados por tipos de produtos (higiene, alimentação, papelaria…) realizar a espacialização no Google My Maps de tais informações e juntar todas as produções dos grupos em um único mapa, que se tornará colaborativo. Realizar a análise dos resultados.

EQUIPAMENTOS E MATERIAIS NECESSÁRIOS: Para o proponente: acesso à internet e projetor multimídia. Para os participantes: Notebook; acesso à internet; email do Gmail (conta Google).

NÚMERO DE PARTICIPANTES: 15

BIBLIOGRAFIA BÁSICA: BARRIOS, Sonia. Dinâmica social e espaço. Boletim Campineiro de Geografia. v.4, n.2, 2014. p.351-368. CASTILLO, Ricardo; FREDERICO, Samuel. Espaço geográfico, produção e movimento: uma reflexão sobre o conceito de Circuito Espacial Produtivo. Sociedade & Natureza, Uberlândia, v. 22, n. 3, p. 461-474, dez. 2010. HAESBAERT, R.; LIMONAD, E. O território em tempos de globalização. Revista Eletrônica de Ciências Sociais Aplicadas, v. 1, n. 2, p. 7-20, ago. 2007. SANTOS, Milton. Por uma outra globalização: do pensamento único à consciência universal. 22 ed. Rio de Janeiro: Record, 2012. SANTOS, M.; SILVEIRA, M. L. O Brasil: território e sociedade no início do século XXI. 15. ed. Rio de Janeiro: Record, 2006.

CARGA HORÁRIA: 4h, domingo, dia 30/06, das 8:30 às 12:00, Instituto de Geociências