MINICURSO

TÍTULO: O ENSINO DE GEOGRAFA E A PRODUÇÃO DE TEXTO SOBRE MEMÓRIA, IDENTIDADE E LUGAR COMO RECURSO METODOLÓGICO EM SALA DE AULA

Proponente(s): Vinícius Silva de Moraes, Andressa Elisa Lacerda, Deborah da Costa Fontenelle

Mini currículo: Vinícius Silva de Moraes: Licenciado e bacharel em Geografia pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro – PUC-Rio, atua desde 2011 com formação de professores na área de Educação, Prática de Ensino e Estágio Supervisionado em Geografia.

Andressa Elisa Lacerda: Graduada e Pós graduada em Geografia pela Universidade Federal Fluminense (UFF) – Experiência na área de Geografia com ênfase em Educação e ensino de geografia. Atuou como professora na rede pública e privada. Atualmente docente do Instituto de Aplicação Fernando Rodrigues da Silveira- na Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

Deborah da Costa Fontenelle: Professora no Instituto de Aplicação Fernando Rodrigues da Silveira, ministrando aulas para a educação básica e para a graduação, no curso de licenciatura. Atua nas áreas de ensino de geografia e de geografia histórica, com ênfase em escravidão e abolicionismo.

 

OBJETIVOS: O minicurso tem como principal objetivo socializar uma metodologia de uma oficina desenvolvida pelo projeto de extensão Lugar, Memória e Identidade dos Bairros do Rio de Janeiro, inserido no Instituto de Aplicação Fernando Rodrigues da Silveira – CAp- UERJ.

EMENTA: A da oficina consiste em construir habilidades de produção de texto em que os diversos autores (alunos em geral) possam expressar como os mesmo se identificam com os bairros onde moram. Partindo do exemplo de alguns contos e crônicas (como os do livro “Meu Lugar”, de Luiz Antônio Simas e Marcelo Montinho) onde diversos autores materializam em forma de texto o modo como enxergam seus lugares, especialmente os bairros cariocas, objetiva-se buscar meios para que o público-alvo possa socializar as relações existentes nos lugares onde vivem. A ideia é que construir um material onde estejam sintetizadas as ideias de memória, lugar e identidade de diferentes bairros onde as pessoas vivem ou por onde elas passaram de forma marcante como um meio de descortinar uma sociabilidade que não cabe no mapa.

METODOLOGIA: O minicurso será dividido em três momentos: no primeiro será apresentado o projeto de extensão e o caminho trilhado para a construção da metodologia e, ainda, serão analisados contos e crônicas publicados em livros; já o segundo momento será destinado ao processo de produção individual dos diversos cronistas (público-alvo); o terceiro e último momento será destinado a uma avaliação dos textos produzidos

 

EQUIPAMENTOS E MATERIAIS NECESSÁRIOS: a. é necessário que os inscritos levem apenas algum material para anotação das ideias construídas no minicurso (caneta ou lápis e caderno); b. os proponentes do minicurso irão disponibilizar os materiais necessários para o minicurso: – folha A4; – material de referência

NÚMERO DE PARTICIPANTES: 25 participantes.

BIBLIOGRAFIA BÁSICA: não é necessário bibliografia básica

CARGA HORÁRIA: 4 horas, domingo, dia 30/06, das 14:00 às 17:30h, Instituto de Geociências