OFICINA

TÍTULO: RECURSO DIDÁTICO GEOCARTOGRÁFICO – ONDE A EDUCAÇÃO GEOGRÁFICA ENCONTRA A NEUROCIÊNCIA.

Proponente(s): Profa Dra Rosemy da Silva Nascimento

Minicurrículo: Bacharel/Licenciada em Geografia. Atua com educação, pesquisa, extensão, orientação, publicação em Formação de professores em Educação Geográfica e Ambiental, Cartografia Escolar e Tátil na Graduação em Geografia, Licenciatura Intercultural Indígena e Pós-Graduação em Geografia da UFSC. Coordena o Laboratório de Cartografia Tátil e Escolar (LABTATE) e é membro dos Grupos de Pesquisas: Ensino de Geografia, Formação Docente e Diferentes Linguagens; Núcleo de Estudos e Pesquisas em Ensino de Geografia e Resolução Científica de Conflitos.

 

OBJETIVOS: Apresentar uma metodologia ativa como processo de aprendizagem na Educação Geográfica com a construção de recursos didáticos para Cartografia Escolar.

EMENTA: Como o cérebro aprende; a neurociência e a Educação Geográfica; metodologias ativas e aprendizagens; as formas de representação e pensamento espacial na componente curricular Geografia conforme a Base Nacional Comum Curricular (BNCC); construindo recursos didáticos para cartografia escolar na educação geográfica.

METODOLOGIA: A metodologia se contextualiza na aprendizagem ativa associando teoria e prática. O conhecimento científico aprendido na academia sobre a cartografia é desenvolvido nessa oficina direcionado para a dimensão escolar, associando concepções teóricas e metodológicas da prática de ensino na educação geográfica. Serão confeccionados 2 recursos, um Globo terrestre, denominado “Globinho Pirulito” e uma maquete espontânea para leitura topográfica, denominada “Ilha de Lost”. Cada recurso didático cartográfico é contextualizado para as temáticas a serem desenvolvidas em relação ao ano escolar e nível de ensino da Educação Básica conforma a BNCC.

NÚMERO DE PARTICIPANTES: Máximo 25

BIBLIOGRAFIA BÁSICA: BRASIL, Ministério da Educação. Base Nacional Comum. Brasília: MEC, 2016. Disponível em: http://basenacionalcomum.mec.gov.br/#/site/conhecaDisciplina?disciplina=AC_CIH&tipoEn sino=TE_EF Acesso em: 1 de maio 2019. BURGESS, Neil. Spatial cognition and the brain. Annals of the New York Academy of Sciences, 1124, 2008, p. 77. GERSMEHL, Philip J., GERSMEHL, Carol A. Spatial Thinking: Where Pedagogy Meets Neuroscience. Problems of education in the 21stcentury Volume 27, 2011, p. 48. NASCIMENTO, Rosemy da S.. Cartografia escolar na educação geográfica – Necessidades cognitivas do aprendizado matemático e etimológico para compreensão do Sistema de Coordenadas Geográficas. Sonia M. Vanzella Castellar, (Coordenadora). ANAIS. Colóquio de cartografia para crianças e escolares de diferentes linguagens do mundo contemporâneo. I Encontro Internacional de Cartografia e Pensamento Espacial, São Paulo, FEUSP, 2018. NASCIMENTO, Rosemy da S., SARTORIO, Rodrigo e CLAUDINO, Sérgio. Aprendizagem na Educação Geográfica à luz da neurociência – as experiências “A escola faz o vídeo”, “Com-vida” e “Nós Propomos!”. In: Sérgio Claudino et al (org.). Geografia, Educação e Cidadania. Ed. ZOE/Centro de Estudos Geográficos, Instituto de Geografia e Ordenamento do Território da Universidade de Lisboa. Lisboa, 2019. p.469.

EQUIPAMENTOS E MATERIAIS NECESSÁRIOS: Projetor e computador. Sala com mesas que possa acomodar os materiais para confecção individual.

Em rosa será providenciado pela Professora responsável pela oficina. Material por aluno: 1 – Forma e movimentos da Terra – Globinho Pirulito

  • COLA CASCOREZ
  • LÁPIS DE COR
  • BOLINHA DE PLÁSTICO (P/PISCINA DE BOLINHA)
  • CÓPIA DO PLANISFÉRIO PARA PINTAR
  • PALITO DE CHURRASCO
  • TESOURA
  • PINCEL

2 – Leitura do relevo para análise de paisagens – Maquete Geográfica Espontânea – Ilha de Lost

  1. 1 PACOTE DE MASSINHA DE MODELAR 2. 1 CANETA CD 3. 1 EMBALAGEM DE PLÁSTICO COM TAMPA TRANSPARENTE (+-10 cm x 15 cm)
  2. COLA CASCOREZ

CARGA HORÁRIA: 4 horas, domingo, dia 30/06, 14:00 às 17:30, Instituto de Geociências